Photos and video with hashtag #gravidez

#gravidez

  • 743K Photos
Instagram photo by gabriellafrancapersonalVejo muitas gestantes fazendo a seguinte pergunta: – Eu devo parar com a atividade física, durante a minha gestação? Para responder a essa pergunta, vamos analisar alguns pontos importantes sobre a pratica de atividade física e a gestação! Vamos observar primeiro o que é atividade física. É classificado como atividade física qualquer movimento corporal que exija uma contração muscular com perda de energia acima do estado de repouso. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estipula que adultos de 18 a 64 anos de idade façam em média 150 minutos de atividade física moderada ou 75 minutos de atividade intensa por semana, para que possa ser reduzido o risco de doenças como câncer de mama e cólon, doenças cardiovasculares, depressão e diabetes. Apesar das objeções sobre a prática de atividade física durante o período gestacional, ser persistente, o exercício físico vem sendo introduzido de forma crescente neste grupo. Estudos mostram que o exercício físico pode ser benéfico a mãe e ao bebe, prevenindo doenças crônicas não transmissíveis, como por exemplo, a diabetes mellitus gestacional (DMG). Estima-se que no Brasil, 2,4 a 7,2% das gestantes adquirem DMG, o que corresponde a mais de 200 mil casos novos por ano. Diabetes Mellitus Gestacional (DGM) é caracterizada pela intolerância aos carboidratos, acarretando um processo de hiperglicemia, com riscos variados, podendo ser diagnosticado no início ou durante a gravidez. A doença é explicada por elevações endócrina de alguns hormônios que agem contra a insulina, como o hormônio lactogênico placentário (Um dos principais hormônios envolvidos nesse processo). Se a doença não for tratada corretamente pode ocorrer problemas como parto pré-maturo, macrossomia (excesso de peso de recém-nascidos) e pré eclampsia. A pratica de atividade física pode contribui para o controle da glicemia, por este motivo o exercício físico de intensidade leve e/ou moderada é recomendado para o tratamento da DMG quando não há contraindicações, além de uma dieta balanceada. O exercício ajuda na diminuição das dores durante a gestação, aumenta a autoestima da gestante. Artigo escrito por:. @nutricionista_igor_leandro #gravidez #gestacao
Instagram photo by vidademaenagringa🌸Desafio vida do bebê🌸 🌸Nascimento 🌸 Minha gravidez não foi muito tranquila. Com 23 semanas perdi líquido e fiquei internada por 3 dias em observação pq os médicos queriam ver se tinha alguma ruptura na bolsa. Graças a Deus não era nada e fui liberada. Com 32 semanas comecei a sentir muita contração forte, uma atrás da outra, ja estava achando que estava entrando em trabalho de parto. Fui para o hospital e foi diagnosticado que o colo do meu útero estava muito fino e se eu continuasse sentindo contrações eu poderia ter um parto prematuro, então me internaram para ser medicada e eles me deram a injeção para amadurecer o pulmão da Alice. Três dias depois fui liberada e falaram para eu fazer repouso. Quando estava com 34 semanas meu tampão começou a sair. Uma gosma amarelada com um pouco de sangue. Ficou saindo por 3 dias, fui no hospital pra saber como estavam as coisas e quando fizeram o toque viram que eu estava com 2cm de dilatação. Quando estava com 35 semanas e 6 dias comecei a sentir cólicas fracas e minha calcinha um pouco molhada. Umas 4h da madrugada meu marido me levou para a maternidade e chegando lá foi constatado que era liquido da bolsa que eu perdi e que tinha um furo nela, então falaram que iam induzir meu parto pq não podia me deixar assim se não ia acabar causando sofrimento no bebê. As 10h começaram a induzir e as 20:40 minha filha nasceu com 2560kg e 46cm, dia 17 de Dezembro sendo que minha dpp era para o dia 24 de janeiro. Dois dias depois foi diagnosticado que ela tava com icterícia e ela havia perdido muito peso, então levaram ela para a utin para tomar banho de luz. Não estava saindo muito colostro ainda dos meus seios, então ela tomava complemento pela seringa. Eu ia pra utin a cada 3h para dar de mamar. Um dia depois tive alta e ela ainda não pois ainda estava com o peso baixo. O hospital disponibilizou um quarto para que eu pudesse ficar perto dela e assim dar o peito, mas graças a Deus quatro dias depois ela teve alta. Obs: *Meu parto foi normal, aqui eles só fazem cesária em último caso, quando não tem mais jeito. * Tomei a mesma anestesia que dão em um parto cesariana. Aqui temos direito a essa anestesia.
Instagram photo by fisioterapiafalad #Di ástase_Abdominal . Condição que se caracteriza pelo afastamento de determinados músculos abdominais, a diástase abdominal pode atingir até 30% das mulheres no pós-parto. . Conhecida como diástase do músculo reto abdominal ou então diástase abdominal pós gravidez, a diástase se apresenta na forma de um estiramento causado pelo enfraquecimento da musculatura abdominal. . Durante a gestação, o útero em expansão provoca um alongamento dos músculos abdominais, o que pode causar uma separação das duas bandas musculares que se encontram na região central do abdômen. No local onde os dois músculos se separaram pode passar a haver um abaulamento – ou uma espécie de “espaço” onde a barriga se torna mais protuberante. . De maneira simplificada, é como se houvesse uma linha mais funda entre os seios e o umbigo que separasse o abdômen verticalmente em dois. . Em geral, a diástase tem início ainda durante a gestação, embora seja mais notável imediatamente após o parto. E apesar da separação entre os músculos começar a diminuir nos meses que se seguem ao nascimento do bebê, alguns centímetros de separação podem ainda estar presentes por muito mais tempo. . ➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖ ⚠⚠⚠Uma das principais causas da diástase abdominal é a falta de fortalecimento dos músculos abdominais. E muito embora a gravidez seja um dos principais fatores de risco associados à diástase abdominal, a condição também pode ser causada por exercício abdominal intenso, rápido ganho de peso e levantamento excessivo de peso. . Outros fatores de risco para a diástase abdominal: ✅Múltiplas gestações ✅Idade superior a 35 anos ✅Já ter dado à luz a um bebê com peso acima da média ✅Gestação de gêmeos. . @mundoboaforma #instalike #fisioterapia #neuro #sa úde #ortopedia #fisio #traumato #fisioterapeuta #estagio #dicas #coffito #crefito #musculo #vida #amor #reabilitar #dicas #saudavel #cardio #pilates #estudante #estagio #estagiario #respiratoria #gravidez #pediatria #obstetricia #gestacaosaudavel #gestante #diasteseabdominal #posparto

This product uses the Instagram API but is not endorsed or certified by Instagram. All Instagram™ logos and trademarks displayed on this application are property of Instagram.